Paraná perdeu 22 mil empregos no 1º quadrimestre, mas tem o melhor cenário no Sul




Empregos no Paraná em 2020.| Foto: Gilson Abreu/AEN

Depois de quase cinco meses sem divulgar dados, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) aponta que o Paraná perdeu postos de trabalho no primeiro quadrimestre de 2020.

Os números vinham positivos em janeiro e fevereiro, mas passaram a ser negativos em março e atingiram a maior redução em abril, mês que registrou 55 mil vagas com carteira assinada a menos.

O balanço do ano, por enquanto, aponta saldo negativo de 22 mil empregos. Apesar do resultado ruim, os dados são ainda piores em Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O Brasil perdeu 763 mil postos. No Paraná, a maior redução foi nas áreas de comércio e serviços. Os mais afetados no acumulado de janeiro a abril de 2020 foram Curitiba (-13.521), Foz do Iguaçu (-3.757), Londrina (-2.986), Maringá (-2.044) e São José dos Pinhais (-1.997). (Fonte: Gazeta do Povo)

COMPARTILHAR