Sindicato de Cascavel visita novo superintendente Regional Oeste da Caixa Econômica




Gladir Basso, Ederson Cláudio Negri, Reginaldo Filus e Alécio Adami, durante a visita - Foto: Divulgação -

Na tarde da última sexta feira (20), o presidente do Sindicato dos Bancários de Cascavel e Região, Gladir Basso, e o diretor secretário-geral da entidade, Reginaldo Filus, visitaram o novo superintendente Regional Oeste do Paraná da Caixa Econômica Federal, Ederson Cláudio Negri, que na ocasião estava acompanhado pelo Gerente de Rede da SR Oeste, Alécio Adami.

Na ocasião, Gladir Basso, que preside também a Federação dos Bancários do Paraná, expôs a preocupação da diretoria do Sindicato no sentido de preservar a saúde do trabalhador bancário, em especial, dos empregados da Caixa Econômica Federal, solicitando a Ederson para que atue no sentido de minimizar os riscos inerentes ao atendimento de clientes e usuários da Caixa, neste período crítico de isolamento social devido ao coronavírus, não só o município de Cascavel, mas também toda a nação brasileira.

Gladir disse que a preocupação se justifica à medida em que, infelizmente, a população em geral ainda não se conscientizou dos grandes riscos a que estão suscetíveis todos os cidadãos que insistem em não respeitar a determinação de ficarem em suas casas. Gladir lamentou o comportamento de grande parte dos moradores de Cascavel, que na sexta-feira dirigiram-se às agências bancárias da Caixa Econômica, fazendo com que as mesmas apresentassem movimento acima do normal.

Ederson afirmou que os gestores das agências estão acompanhando o andamento dos trabalhos e o volume dos atendimentos, dizendo que neste primeiro momento estão sendo cumpridas as determinações tanto da Fenaban quanto da Prefeitura de Cascavel. O superintendente disse ainda que está constantemente em contato com a direção da Caixa, repassando as informações do andamento dos trabalhos na área de abrangência da SR Cascavel, bem como, recebendo novas orientações de procedimentos.  Disse também que os procedimentos adotados neste primeiro dia poderão ser revistos, dependendo da avaliação da diretoria da instituição, e à medida em que sejam considerados ineficazes. (Fonte: Seeb Cascavel)

COMPARTILHAR