Professores estaduais decidem entrar em greve a partir do próximo dia 25





Segundo a APP-Sindicato, a categoria pede 4,94%, que é o valor referente à inflação dos últimos 12 meses

Os professores e funcionários da rede estadual de ensino decidiram, neste sábado (15), entrar em greve a partir do próximo dia 25. A decisão aconteceu exatamente dois meses após o governador Ratinho Júnior anunciar que os servidores não teriam reajuste salarial em 2019. Segundo a APP-Sindicato, a categoria pede 4,94%, que é o valor referente à inflação dos últimos 12 meses.

“Já são quase quatro anos de sacrifício dos servidores. Não estamos pedindo aumento, é apenas a reposição das perdas da inflação”, afirma o presidente da APP-Sindicato, Hermes Leão.

Com a decisão, os trabalhadores da educação vão se juntar a outras categorias do serviço público estadual em greve unificada convocada pelo Fórum das Entidades Sindicais (FES).

Segundo a FES, os servidores estão sem revisão nos salários desde 2016 e a defasagem nos rendimentos passa de 17%. A categoria afirma que o prejuízo é equivalente a mais de dois meses de salário por ano. (Fonte: BandaB)

COMPARTILHAR